Inscrições para o concurso da Câmara de Piraju serão recebidas até 18 de dezembro. Carreira é destinada a bacharéis em direito com registro na OAB e experiência mínima de três anos.

Câmara de Piraju, em São Paulo, recebe até 18 de dezembro as inscrições para o concurso público destinado preencher uma vaga de procurador jurídico, com salário de R$ 2.326,16. 
 
Os candidatos devem possuir ensino superior em direito, registro na Ordem do Advogados do Brasil (OAB) e ao menos três anos de experiência em atividade jurídica após a graduação.
 
Os interessados devem se inscrever pelo site da Exitus Concursos (www.exitusconcursos.com.br), banca que organiza a seleção. O valor da taxa de participação é de R$ 100.
 
 

Sobre a prova do concurso da Câmara de Piraju

 
Marcada para 4 de fevereiro, a prova objetiva cobrará a resolução de 40 questões de múltipla escolha sobre língua portuguesa e conhecimentos específicos (direito constitucional, administrativo, processual civil e processual penal).   
 
De acordo com o edital, o concurso da Câmara de Piraju terá validade de dois anos, prorrogável por mais dois, a critério do Legislativo.
 
 

Concurso Câmara Piraju: atribuições do procurador jurídico

 
Patrocinar a defesa e os interesses da Câmara de Piraju, judicial e extrajudicial, por solicitação da Presidência; Representar em juízo ou fora dele a parte de que é mandatário, nas ações em que este for réu, ou interessado; Acompanhar processos, apresentando defesas e/ou recursos em qualquer instância; Assessorar juridicamente a Mesa, os vereadores e a Secretaria da Casa, em questões para as quais for solicitado assessoramento; Assessorar a Presidência nos despachos de projetos às Comissões Permanentes, analisando sob os aspectos de instrução do processo, quórum e processo de votação e comissões pertinentes para efetuar a análise do projeto; Prestar assessoria jurídica à Mesa Diretora e ao Presidente da Casa quando solicitados estudos visando defesa de interesses da comunidade, por deliberação do Plenário; Emitir pareceres técnicos nas matérias que lhe forem submetidas; Analisar sob o aspecto legal, editais de licitação abertos pela Casa. Assessorar os trabalhos das comissões permanentes e comissões especiais na ordenação jurídica e legal de suas atividades; Assessorar o Plenário da Câmara em dias de sessões; Assessorar as Comissões Permanentes e Temporárias.